quinta-feira, 21 de abril de 2016

Ainda falando de GNU/Linux

Bom dia a todos,

Ainda hoje leio em fóruns e sites especializados que o Linux é isso e aquilo, sempre arremetendo o uso desse sistema operacional ao uso do Terminal Console/Konsole. Mesmo que ainda fosse assim, o tal terminal Linux além de ser uma poderosa ferramenta não é nada difícil usá-la.
Vem ai o desinteresse do usuário desktop em querer aprender, muito bem, realmente ninguém precisa ou é obrigado a usar o terminal, digitar comandos ininteligíveis, com isso, as distribuições GNU/Linux atuais contam com suas "Centrais de Aplicativos" onde de lá se instala tudo que você precisa no Linux, bastando fazer uma busca na mesma.
Nada é tão fácil quanto elas, desculpem e eu não estou aqui para criticar sistema operacional nenhum, estou apenas tentando informar que nada é tão fácil de uso quanto o Linux, nele eu não preciso estar abrindo sites para procurar apps, drivers, plugins e nada, tudo que precisamos estará em um só lugar, ou seja nos repositórios da própria distribuição.

Eu ainda prefiro usar sim o terminal, onde vejo o que e como está acontecendo tudo. Mas isso é o que faz o GNU/Linux tão funcional como qualquer outro sistema.
Um sistema totalmente auto sustentável, onde eu edito vídeos, crio, edito imagens, tudo com softwares livre que não preciso instalar nada no meu computador que me arremeta a pirataria e também me traga pragas virtuais.

Tão simples falar do Linux não é? Como também é bem simples o uso dele, basta que o usuário iniciante (que nem eu) saiba que as diferenças não são dificuldades, são apenas diferenças.

Sistema que ainda contamos com o pessoal dos fóruns de suporte, que nos proporcionam uma experiência muito agradável em um sistema que podemos modificá-lo a nosso gosto e ganhamos a oportunidade de mesmo sendo um usuário normal de computador, aprendemos de forma gratuita e colaborativa a usar o computador podendo deixá-lo como realmente precisamos e com maior segurança que os demais sistemas operacionais.

Viva o Projeto GNU e viva Linus Torvalds, viva os milhares de colaboradores que fazem desse sistema, um sistema rápido, seguro e..., fácil!

Até a próxima prosa...